Pesquisas afirmam que somos propensos a acreditar em Deus

Pesquisas afirmam que somos propensos a acreditar em Deus
Estudos realizados por faculdades americanas apontam que os seres humanos são programados para acreditarem em Deus. As pesquisas foram realizadas por instituições diferentes e com propósitos diferentes, mas acabaram dando o mesmo resultado.
Universidade Emory (Atlanta, EUA) fez experimentos cognitivos com bebês de 9 meses de idade, os pesquisadores puderam perceber que essas crianças fazem associações a partir de “agentes” para poder entenderem o mundo. Esse estudo psicológico mostrou que os bebês sabem que esses agentes possuem uma finalidade e que eles existem, mesmo quando não podem ser vistos.
O autor do estudo acredita que isso prova porque nosso cérebro consegue crer em Deus, pois não temos problemas de nos relacionar com algo que não podemos ver.
Outra Universidade que realizou uma pesquisa semelhante foi a Universidade Calvin (Michigan, EUA) que mostrou que não aceitamos somente o fato de que existe um agente invisível como também somos diretamente propensos a ter este pensamento. Ou seja, nascemos propensos a acreditar em um agente invisível e passamos essa crença para a vida adulta.
Esses e outros estudos provam que as divindades aparecem quando não sabemos a razão da existência de algo, o cérebro deposita o universo desconhecido em tal entidade atribuindo a ela a onisciência, onipresença e imortalidade.
Mas ao contrário de outros personagens do imaginário infantil, Deus não deixa de existir na fase adulta e esses estudos apontam que isso acontece porque somos levados a acreditar que Ele é mais poderoso que tudo, pois ele conhece tudo o que você faz e também o que os outros seres do mundo estão fazendo.
Com informações Hype Science
postagem

0 comentarios de amigos:

Postar um comentário

Obrigado por comentar,
Atenção: caso este link de download não esteja disponível nos avise neste post que iremos providenciar assim que possível.

Deus abençoe